Nódulos de Tireóide e Câncer Diferenciado de Tireóide: Consenso Brasileiro

Nódulos de Tireóide e Câncer Diferenciado de Tireóide: Consenso Brasileiro

Os nódulos tireoidianos constituem a principal manifestação clínica de uma série de doenças da tireóide com uma prevalência de aproximadamente 10% na população adulta. O maior desafio é excluir o câncer da tireóide, que corre em 5 a 10% dos casos. Os carcinomas diferenciados respondem por 90% dos casos de todas as neoplasias malignas da tireóide. A maioria dos pacientes com carcinoma diferenciado apresenta, geralmente, um bom prognóstico quando tratada adequadamente, com índices de mortalidade similares à população geral.

|LEIA MAIS |

<< Voltar